Tire as suas dúvidas sobre a colposcopia

A colposcopia é um exame ginecológico executado com o objetivo de analisar alterações celulares pré-cancerígenas em pacientes após a realização do exame preventivo. Com um aparelho chamado colposcópio, o ginecologista vai analisar essas lesões para poder encontrar a melhor forma de abordar o problema.

É muito importante que toda mulher depois dos 25 anos de idade realize o exame preventivo porque se for detectada alguma alteração, quanto antes o ginecologista souber, melhor será para a paciente em termos de diagnóstico e tratamento, por isso, se você que está lendo esse texto tem mais de 25 anos e não costuma fazer seu preventivo anualmente, mude já esse hábito e comece a cuidar mais da sua saúde.

O colposcópio é um aparelho que funciona basicamente como uma lente de aumento, e por meio dele o ginecologista consegue olhar diretamente o colo do útero da paciente, além da vulva e da vagina. Esse equipamento é posicionado cerca de 30 centímetros de distância da paciente para observar melhor as lesões encontradas.

Durante o procedimento, o ginecologista utiliza reagentes líquidos para poder ver melhor essas lesões, e pequenos pedaços do tecido são retirados para a realização de biópsia ou estudos mais profundos. Essas amostras de tecido são levadas para um laboratório, que vai realizar a análise para chegar a um diagnóstico.

Muitas mulheres têm medo de realizar esse e outros exames ginecológicos por se sentirem desconfortáveis ou acharem que vai doer muito o procedimento, mas a colposcopia não dói. Se for necessária a retirada de algum tecido ou material celular para a realização da biópsia, a paciente pode sentir um incômodo breve e passageiro por conta disso, mas a colposcopia apenas não é capaz de causar dor.

Em relação às mulheres grávidas, tanto a colposcopia quanto a biópsia podem ser realizadas em caso de alguma alteração no preventivo da gestante, mas normalmente o tratamento para o problema detectado é realizado depois do parto, até porque muitas alterações detectadas durante a gestação desaparecem quando a gestante tem o bebê, então é mais prudente aguardar.

A biópsia do colo do útero só é solicitada quando alguma lesão ou anormalidade e encontrada durante o exame. Caso esteja tudo normal com a paciente, seja ela grávida ou não, não é necessário fazer uma biópsia do colo do útero. O único exame que precisa ser realizado periodicamente é o preventivo, e é essencial que a mulher consiga manter uma rotina de consultas ao ginecologista para acompanhar a sua saúde ginecológica.

Quando você for fazer uma colposcopia, é bom que você tenha uma cópia do seu último exame preventivo e que tome siga algumas recomendações antes de se submeter ao procedimento.               É preciso que a mulher não tenha relações sexuais por, pelo menos, dois dias antes do exame, não esteja menstruada, não faça duchas vaginais e não introduza nenhum medicamento, cremes ou absorvente interno por três dias antes da colposcopia para que o exame possa ser realizado com sucesso.

Para quem está em busca de uma ginecologista especialista em colposcopia rj, a Dra Fabiana Kac é referência no assunto! Você pode acessar o site dela e agendar um horário para uma consulta.

É bem fácil de marcar um horário com ela, pois lá mesmo no site você consegue clicar no ícone do WhatsApp e falar diretamente com uma atendente que vai marcar o seu horário para você se consultar com uma médica ginecologista experiente e com muita bagagem nessa área. Inclusive, no próprio site da Dra Fabiana Kac, você pode ver muito mais sobre esse e outros procedimentos que ela realiza para se informar a respeito da sua saúde ginecológica.

Visite agora mesmo o site da Dra. Fabiana Kac e conheça mais sobre ela. Ela é uma das melhores ginecologistas da cidade e eu recomendo muito o atendimento da clínica dela. Deixe uma médica capacitada e referência em ginecologia cuidar da sua saúde ginecológica!

Eu mesma já rodei por muitos médicos antes de encontrar a Dra Fabiana Kac e nunca fui tão bem atendida quanto tenho sido com ela, e isso faz toda diferença quando falamos de exames e consultas ginecológicas porque quando a gente se sente confortável é muito mais fácil mantermos a rotina de visitas ao ginecologista, não é mesmo?