O que fazer para superar a calvície feminina?

Oi pessoal, tudo bem com vocês?

Hoje eu vim aqui contar pra vocês um pouco da minha trajetória e história com relação ao meu cabelo. Tudo começou quando eu tinha 21 anos e reparei em uma constante queda capilar sem nenhum motivo aparente, que se agravou no decorrer dos anos.

Eu achei que era algo relacionado ao estresse por causa de alguns problemas pessoais que passei na época, e por conta disso, seria uma condição passageira e não busquei ajuda ou nenhum outro tipo de tratamento naquele momento e nem depois.

Porém, a situação só foi se agravando mais e mais com o passar do tempo, o que me deixou preocupada, então fui a uma consulta em um dermatologista. Nessa consulta fui diagnosticada com uma condição chamada alopecia androgenética de fator genético, e foi aí que eu liguei os pontos, pois há casos na minha família de parentes bem próximos com esse tipo de queda de cabelo.

A minha tia, irmã da minha mãe, também tem essa condição – que em nomes leigos pode ser chamada de calvície – e eu decidi conversar com ela para saber como que ela enfrentou esse problema durante a juventude dela.

Sendo bem franca e sincera com vocês, o meu cabelo sempre foi um dos itens que faziam com que a minha auto-estima fosse elevada, então quando ele começou a cair muito e a crescer super ralo e fraco, isso afetou demais a maneira como eu estava me enxergando. Eu não queria mais sair de casa, não tinha mais vontade de me arrumar, de pentear o cabelo, de conhecer gente nova nem nada que eu gostava de fazer antes porque eu estava me achando muito feia.

Não sei se alguém que está lendo esse texto alguma vez na vida já se sentiu assim, mas a sensação é muito ruim, então quando eu fui conversar com a minha tia eu realmente queria saber como que foi a experiência dela e se ela sentiu tudo isso que eu estava sentindo também, e ela me contou que isso afetou muito a auto-estima dela também, ainda mais que na época existiam muito menos recursos e tecnologia para você tentar diminuir o progresso da alopecia androgenética.

Entretanto, ela também me tranqüilizou e falou que hoje em dia muitas técnicas novas foram desenvolvidas para o tratamento dessa condição, e a mais eficiente delas é o implante capilar de folículos saudáveis realizado por meio de uma cirurgia de transplante capilar.

Ela me falou que esse procedimento é feito por um dermatologista que analisa todo o couro cabeludo do paciente e realiza uma extração de folículos capilares (que é o que produz os fios de cabelo) e depois implanta eles na área que ta atingida pela alopecia androgenética, fazendo com que o cabelo volte a nascer normalmente naquela região como se você nunca tivesse tido nenhum tipo de perda capilar na sua vida.

Quando ela me contou sobre esse procedimento cirúrgico que consegue reverter completamente o quadro de calvície, uma esperança voltou a habitar os meus pensamentos. Eu achava que ia ter que conviver com a calvície para sempre, mas graças ao transplante capilar, havia uma maneira de conseguir reverter esse quadro e de recuperar a minha auto-estima e a minha autoconfiança.

Procurei aqui no Rio de Janeiro quais os lugares que realizavam esse procedimento para que eu pudesse me informar mais a respeito dele e encontrei uma clínica de dermatologia capilar que é referência em transplante capilar e no combate da calvície, e descobrir isso me deixou ainda mais feliz e animada porque eu sabia que os dias de queda de cabelo estavam chegando ao fim.

O nome dessa clínica é Centro De Medicina Capilar Rio de Janeiro e ela fica na Barra da Tijuca, bem pertinho de onde eu moro. Eu acessei o site deles e logo marquei a minha consulta para poder dar início ao tratamento e poder realizar o meu transplante capilar o quanto antes para recuperar a minha auto-estima e a minha autoconfiança de volta. Se você sofre com isso, saiba que dá pra se livrar de vez da calvície com esse tratamento e é possível superar essa fase para você viver a sua vida feliz novamente.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Post